Memórias de uma aprendiz
"Estranho o destino dessa jovem mulher, privada dela mesma, porém, tão sensível ao charme das coisas simples da vida..."
If my words
don’t have the power
to make you
happy
i will be sad with you
just so you’ll see
that i cannot be
happy
if my world
is not

— e.c.  (via goteira)

Posted on Apr 18th (7:18pm), 6 hours ago
Sabe Zé, há dias em que eu sou amores outros sou rancores. Tem dia que quero sorrir, abraçar, dias quero me trancar e chorar, chorar e chorar. Ouso dizer que tem gente que não sente o que a gente sente, tem gente que esconde sua tristeza decentemente por traz de sorrisos forçados, outros fazem alardes, espalham aos quatros cantos, ligam, e nos chateiam. Mas convivendo com toda essa gente vamos aprendendo a entender o que se passa dentro de nós mesmos e essa tristeza toda, no fundo é só vontade de ter um pedaço da gente existindo em um outro alguém.

Waltedéski (via azazias)

Posted on Apr 18th (1:43pm), 11 hours ago
Às vezes me dá uma saudade de tudo que já fui, já aspirei, já senti. Às vezes me pego pensando em quem eu era e quem me tornei, em como o tempo passa, em como as pessoas passam. E em como tudo deixa saudade. Mas não é aquela saudade amarga, que dói, que sufoca, que pesa como a falta de alguém. É uma saudade agridoce, de quem já superou, talvez alguém que quisesse voltar em alguns momentos, mas sabe que apesar de tudo, aqui ainda é melhor do que lá. É a sabedoria prática de alguém que sabe que um ralado no coração dói muito mais que um no joelho, e no entanto, sabe que ambas passam e não são assim tão insuportáveis como pareciam ser. É o conhecimento de quem já viveu e sabe que o orgulho impede muito mais do que impulsiona. São constatações de quem sabe que desistir e errar não são coisas assim tão ruins. E todas as coisas que passaram, tudo o que um dia machucou se tornou aprendizado, e por fim, saudade.

Sarah Pedra (via azazias)

Posted on Apr 18th (1:41pm), 11 hours ago
-Vou te dizer o que sinto: sabe o que é você dormir pensando em alguém e acordar com esse mesmo alguém na sua cabeça? Como se já não bastasse o meu coração que acelera só quando falo contigo, tinha que dominar também os meus pensamentos? E os meus ouvidos? Parece coligados com minha alma, todo bom som e toda boa musica, me traz você. E os meus olhos, estes são deslumbrados por ti, porque quando os fecho, o seu rosto é a única coisa que consigo ver, de um jeito só meu, um jeito que tive que criar na tentativa de saciar a vontade de te ter. Minha boca já nem mais me obedece, vive falando seu nome sem me deixar perceber. E os meus lábios? Estes vivem na espera de encontrar os seus.

Caio Fernando Abreu.  (via nevarias)

Posted on Apr 17th (5:26pm), 1 day ago
Ao contrário de futuros amantes
o meu amor tem pressa
ele não faz silêncio
e corre depressa.
Esperando encontrar-te
em qualquer rua dessas.

Chico Buarque (via reverenciador)

Posted on Apr 16th (11:36pm), 2 days ago
Me pergunte qualquer coisa! Mas não pare de falar comigo. E se o assunto acabar?! Então, quando o assunto acabar, pergunte se eu gosto de arroz! Assim eu saberei que você está tentando falar comigo, tentando me manter perto de você através das palavras.

O Vento do Oeste.  (via trovejaste)

Posted on Apr 16th (11:35pm), 2 days ago
Se hoje eu desabo.
Amanhã me reconstruo.
Afinal, a vida é isso, só fica no chão quem quer.

Pedro Costa.    (via trovejaste)

Posted on Apr 16th (9:40pm), 2 days ago
Minha cabeça é um mar cheio de ondas, umas vêm e me derrubam, outras vão e me levam. De vez em quando fica tudo calmo, sereno, é aí que tenho receio. Nada nunca é tranquilo pra mim. Acho que acostumei com isso: um temporal vive aqui dentro. Talvez seja disso que você tem medo, pois tem gente que não gosta de chuva.

Clarissa Corrêa.  (via goteira)

Posted on Apr 16th (9:37pm), 2 days ago
/ before